Maisa Silva estrela da ELLE

26

Referência entre as publicações de moda no mundo, ELLE lança sua sexta edição da revista digital, ELLE View, trazendo conteúdos exclusivos para assinantes. A capa da última edição do ano é protagonizada por Maisa Silva – atriz, apresentadora, influenciadora digital e nova empresária brasileira – que deu uma entrevista exclusiva à editora, Nathalia Levy, e estrelou um ensaio cheio de estilo e conceito. A revista conclui com chave de ouro um ano de muito sucesso para a marca editorial que voltou ao país em março. 

Para Susana Barbosa, diretora editorial de ELLE, 2020 marcou o retorno da publicação ao Brasil e, mesmo sendo tão desafiador, trouxe a chance de continuar contando boas histórias para seus leitores. “Para encerrar o ciclo deste ano, escolhemos falar sobre ritos de passagem e, consequentemente, o tempo. Ninguém melhor do que a Maisa para ser a estrela da nossa última edição. Ela cresceu aos olhos do público e se tornou uma mulher corajosa, que decidiu empreender deixando para trás uma carreira longeva como apresentadora”, conclui. 

Os assinantes terão acesso à entrevista exclusiva, na qual Maisa conta como está desenvolvendo sua carreira após entrar na maioridade. “Todo mundo imagina que eu nasci e com 3 anos já estava fazendo as campanhas que estou fazendo hoje. Mas na verdade foi uma construção e foi a melhor coisa para a minha formação de caráter ter sido tão aos poucos”, diz a sócia da agência Mudah à ELLE . 

Além de ter a Maisa protagonizando a capa interativa e um editorial de moda fotografado por Pedro Pinho com edição da Rita Lazzarotti, a edição de dezembro da ELLE View apresenta outras personalidades e diversos pontos de vista sobre a passagem do tempo e as mudanças que ocorreram ao longo deste ano. Com entrevistas exclusivas com Pequena Lo – influenciadora digital que ganhou notoriedade com a publicação de vídeos no app TikTok -, Willian Gasparo – solista do grupo de dança Cisne Negro que passou a dar aulas de yoga após ter seu contrato reincidido -, Talita Barbosa – professora e criadora do clube de assinaturas Clubinho Preto – e Ana Carolina Apocalypse – mulher trans de 62 anos que descobriu no Instagram uma importante ferramenta de comunicação na qual consegue compartilhar sua transição. 

O projeto da nova ELLE Brasil está sob a liderança de Susana Barbosa (diretora editorial) e Virginia Any (diretora de receitas). A marca renasceu em maio de 2020 com o site com reportagens abertas, redes sociais e podcast. Para os assinantes da revista digital, a plataforma fica estabelecida dentro do site (elle.com.br) e funciona como uma forma de on-demand na qual as edições ficam disponíveis para os leitores. 

Sobre a ELLE Brasil

Fundada na França, em 1945, pelo Grupo Lagardère, e lançada no Brasil em 1988, ELLE Brasil é publicada pelo Grupo Papaki, um dos mais importantes do audiovisual brasileiro. Com um site aberto, uma revista digital mensal exclusiva para assinantes e um impresso premium, publicado quatro vezes por ano, a marca retoma sua produção no país em 2020. Sob comando de Susana Barbosa, diretora editorial e Virginia Any, diretora de receitas, ELLE volta ao mercado falando de moda, beleza e lifestyle de um jeito contemporâneo e inclusivo, que dialoga com o espírito do tempo e reflete as questões e transformações da sociedade. 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.